Sobre a participação na Brasil Offshore 2019 a B.Iotti Movimentação é categórica: percebemos que a feira é consagrada no mercado, então não foi difícil tomar a decisão de expor!

0
445

A marca, que estará expondo no evento pelo segundo ano consecutivo, contou pra gente seus planos de mercado e as projeções para o futuro

Fabiano Pilotti, CEO da B.Lotti Movimentação

Expansão. Essa é a palavra norteadora da B.Iotti Movimentação, fundada em 2006 e especializada em fornecer os melhores produtos e soluções para movimentação de cargas. Tornando-se líder no segmento, a marca hoje busca expandir seus produtos e equipamentos para o seguimento offshore.

E é isso que Fabiano Pilotti, CEO da empresa, explicou para a Brasil Offshore em nossa entrevista exclusiva! Como a marca pretende aumentar sua demanda de projetos e fabricações para uma nova fase, além de falar sobre o mercado e as projeções para os próximos meses.

Confira na entrevista:

Brasil Offshore: A indústria de óleo e gás tem protagonizado boas notícias e encabeçado o momento de transformação e retomada dos projetos e a abertura de novas oportunidades. Como sua empresa tem se preparado para esta nova fase?

Fabiano Pilotti: Oferecemos projeto, fabricação e instalação de dispositivos especiais, bem como seus componentes e os serviços de inspeção e manutenção desses equipamentos, também adaptados para o uso Offshore. A movimentação de cargas em grandes plantas fabris, como no caso da indústria de óleo e gás, exige dispositivos especiais robustos e complexos para que se garanta a segurança e produtividade das operações. Estamos a 12 anos no mercado e agora, em 2019, ainda mais preparados para atender a demanda de projetos e fabricação dessa nova fase.

Brasil Offshore: Na visão da marca, quais os principais desafios do setor no biênio 2018-2019?

F.P.: Nosso principal desafio é continuar a oferecer produtos resistentes, equipes treinadas e soluções que garantem a produtividade com qualidade e segurança.

Brasil Offshore: Qual o foco dos investimentos de sua empresa até 2019?

F.P.: Nosso maior foco no momento é continuar a expandir nossos produtos e equipamentos, serviços de inspeção e manutenção para o seguimento Offshore.

Brasil Offshore: A Brasil Offshore completa 20 anos de atuação no mercado e em 2019 promoverá sua edição comemorativa. Qual a relação da sua marca com o evento?

F.P.: Já há alguns anos nossa empresa utiliza as feiras de negócios como uma forma de promoção comercial, essa será nossa 2º participação na Brasil Offshore e percebemos que a feira é consagrada no mercado, um evento técnico e de qualidade, com muito suporte aos expositores, então não foi difícil tomar a decisão de expor! Este ano tivemos a oportunidade de investir em um estande ainda maior.

Além disso, nossos produtos têm presença no segmento Offshore pelo Brasil inteiro tanto para clientes finais como revendas. Então a participação em uma feira segmentada, num lugar estratégico como o Rio de Janeiro, é certeza de adquirir novos bons contatos e também uma oportunidade de fortalecer o relacionamento com clientes atuais.

Brasil Offshore: A Brasil Offshore será palco para desenvolvimento da indústria fornecedora do pré-sal, qual seu interesse de atuação nessa nova fase da indústria de O&G?

F.P.: Entendemos que é um grande desafio para as empresas e explorarem o pré-sal. Para ajudar as empresas, estamos prontos a oferecer produtos resistentes, equipes treinadas e soluções que garantem produtividade com qualidade e segurança.

Brasil Offshore: Compartilhe conosco a sua expectativa para a Brasil Offshore 2019 e nos ajude a construir a melhor feira para a sua empresa.

F.P.: Nossa expectativa é o que evento nos traga ótimos resultados, no fortalecimento da nossa marca e novos clientes.

Quer saber mais sobre as novidades que a B.Iotti Movimentação trará para a Brasil Offshore em 2019? Então não fique de fora, basta fazer seu credenciamento! Nos vemos de 25 a 28 de junho, em Macaé.