Delcy Mac Cruz

São Mateus, Nova Venécia e Guarapari passam a integrar a redede estações de recarga de veículos elétricos da distribuidora EDP no Espírito Santo.

As três cidades capixabas receberam, em dezembro último, a implantação de postos de recarga de veículos elétricos.

Além dos três, já fazem parte da rede de recarga Vitória, Venda Nova do Imigrante e Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, e Linhares, no Norte.

As inaugurações de dezembro contaram com investimento de R$ 350 mil e integram projeto de rede de recarga da EDP, distribuidora de energia elétrica do Estado, e da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), por meio do Senai.

“A iniciativa, que é uma tendência global, reafirma o compromisso da EDP com o Estado, pois sabemos que a mobilidade elétrica é uma área que vai crescer muito nos próximos anos”, destaca, em nota, o diretor da EDP, João Brito Martins.

Utilização da rede de recarga

As novas unidades instaladas na rede de recarga permitem o abastecimento simultâneo de dois automóveis, no sistema de recarga semi-rápida.

Para se ter uma ideia, em apenas 1h30 é possível carregar 100% da bateria, relata a assessoria da distribuidora.

Com plugues universais, a rede capixaba de eletropostos beneficiará também os proprietários de veículos híbridos que optarem por rodar apenas no modo elétrico.

Em todas as cidades, as estações de recarga serão instaladas em locais de livre acesso ao público, e seu uso não terá qualquer restrição ou limitação de data, dia da semana e horário.

No caso do corredor instalado por EDP e Findes, o uso será temporariamente gratuito.

Como referência, o custo de abastecimento dos carros elétricos é cerca de 80% menor que o de automóveis com motor a combustão, usando como referência um veículo à gasolina que consuma, em média, 10 quilômetros por litro.

Em São Paulo

A recente inauguração de postos da rede de recarga no Espírito Santo integra os investimentos da EDP em soluções de mobilidade baseadas em fontes não poluentes.

Estão em empreendimento as implantações de projeto oficializado em outubro de 2019 para a instalação de 30 novas estações de recarga ultrarrápida de veículos elétricos cobrindo todo o estado de São Paulo.

As marcas Audi, Porsche e Volkswagen são parceiras da EDP nesse projeto, realizando os testes com os seus veículos para homologação da infraestrutura.

As empresas ABB, Electric Mobility Brasil e Siemens serão as fornecedoras das soluções de carregamento.

O empreendimento terá um investimento de R$ 32,9 milhões e vai conectar um total de 64 pontos de carregamento que interligam São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Curitiba e Florianópolis, formando um corredor de abastecimento de automóveis elétricos com mais de 2.500 quilômetros de extensão.

Aprovado na chamada pública da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o tema Mobilidade Elétrica Eficiente, este é o primeiro e maior projeto da América do Sul de instalação de carregadores ultrarrápidos (150kW e 350kW), destaca a EDP.

As primeiras inaugurações estão programadas para 2020, com a conclusão em até três anos.

Segundo a distribuidora, serão 29 postos de 150kW (DC) e um posto de 350 kW (DC), e mais 30 equipamentos de 22kW (AC).

Assim, cada ponto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida.

Rodovias onde estarão instalados os novos pontos de carregamento
As estações estarão posicionadas a uma distância máxima de 150 quilômetros
Tamoios  
Imigrantes  
Carvalho Pinto  
Governador Mário Covas (conexão com o litoral paulista e Espírito Santo)    
Dom Pedro  
Washington Luís  
Régis Bittencourt (conexão com corredores do Paraná e Santa Catarina)  

Fonte: EDP