Como a AgTech JBM3 conquistou o 3º lugar do Hackathon da bioenergia
Imagem: Logo da equipe AgTech JBM3

Em agosto, a Fenasucro & Agrocana em parceria com a Think Lab Brasil e a USFSCar realizaram o Canathon. Conhecido como o 1º Hackathon voltado para o mercado de bioenergia, o evento teve o propósito de fomentar inovação e oferecer tecnologia. O novo formato no setor, rendeu a participação da equipe Agtech JBM3, ocupante do 3º lugar na maratona.

Além deles, foram mais de 700 inscritos entre maratonistas e mentores; 26 equipes formadas; e por fim, 18 soluções submetidas a avaliação dentro do prazo definido.

A Agtech JBM3, em vista disso, contou como foi sua participação a princípio. Além disso, conhecemos suas iniciativas e a escolha do tema, que falou sobre: “Sistema Inteligente de Identificação de Incêndios em Lavouras”.

Foi uma maratona de muito estudo e referências de mercado. E mesmo com as 54 horas ininterruptas de trabalho, a equipe arranjou um tempinho para relembrar esse importante marco na carreira e contar como se preparar para as próximas edições.

Confira a entrevista com a Agtech JMB3 abaixo:

“Como foi para a AgTech JBM3 participar do 1º Canathon?”

O Canathon foi um ótimo evento. Toda a equipe pôde trabalhar e explorar suas habilidades de gerenciamento de tarefas e tempo. Além disso, as palestras foram esclarecedoras e puderam transmitir bem os problemas que a indústria sucroalcooleira enfrenta nos mais diversos campos que ela engloba. O evento teve uma ótima organização e possibilitou que todos os participantes tivessem a experiência de trabalhar suas ideias e com certeza é digno de ser repetido em mais edições.

“Comente resumidamente o tema e a proposta do projeto da equipe”.

A equipe teve como tema escolhido o aumento de produtividade com foco na segurança do investimento da lavoura. Tendo isto em vista, nossa proposta foi um sistema de previsão, monitoramento e identificação de focos de incêndio com o objetivo de agilizar o combate e assim proteger a lavoura, os brigadistas e todo o ecossistema em volta da plantação.

“Por qual motivo escolheram essa proposta? Existe algo que tenha impulsionado a equipe a escolher esse tipo de solução, além de já terem trabalhado com temas próximos na faculdade?”

Observa-se que as queimadas são grandes problemas para os agricultores pois, além de todo o impacto ambiental negativo que elas geram, elas causam perca de todo o investimento feito para durar a longo prazo e ainda colocam em risco a vida dos brigadistas.

É de acordo entre os produtores que elas trazem apenas malefícios e prejuízos. Por isso, a equipe chegou à conclusão de que as queimadas deveriam ser, ao menos, minimizadas. Como elas são de certa forma fenômenos imprevisíveis por causas naturais ou humanas, o foco do projeto foi diminuir o tempo de ação para minimizar os danos, identificando e monitorando possíveis áreas de inflamação, focos já ativos e alertando a equipe brigadista para a rápida ação.

“Qual o diferencial dessa solução para o mercado?”

O principal diferencial do nosso projeto em relação às soluções existentes no mercado é sem dúvida o baixo custo. Nossa central de monitoramento é desenvolvida para ser de baixo custo e fácil implementação o que difere das principais soluções atuais.

“Esse foi o primeiro tema que a equipe teve contato ou antes de chegar a ele vocês ponderaram sobre outras soluções?”

 Sim, essa foi o primeiro desafio que a equipe propôs uma solução.

“Quais dicas vocês dariam para os próximos grupos que participarão do canathon?”

Ponto principal é a diversidade: seja ela de ideias, cursos, etnias, gêneros, o que seja… boas soluções surgem de maneiras diferentes de olhar para um mesmo problema. Outros pontos importantes seriam o contato e estudo do Design Thinking (base similar utilizada pelo Canathon), marcar horários fixos para o desenvolvimento da ideia, ou seja, ter um grupo organizado e, finalmente, se divertir.

O Canathon em 2021

Por fim, em 2021 a premissa é de que mais equipes como a Agtech JBM3 estejam presentes no Canathon, junto com a Fenasucro & Agrocana.

Essa ação pode garantir ótimas oportunidades tanto para quem participa do evento, quanto para quem está no mercado, podendo assim aproveitar as soluções tecnológicas provenientes de startups e estudantes do ramo para um dos mercados com maior potencial de desenvolvimento do mundo!

Fique atento às novidades e não perca os próximos conteúdos sobre o evento. Assine a newsletter, e receba materiais exclusivos para participar dessa iniciativa com a Fenasucro & Agrocana.