Executivo do Grupo Moura destaca porque a FIEE AbineeTEC Digital Week é prioritária

Um dos motivos é que fomenta o uso de tecnologia na indústria, destaca diretor do Grupo Moura sobre o evento.

O FIEE AbineeTEC Digital Week é o programa online que a FIEE e a Abinee realizam nos dias 19 a 23 deste julho. O evento digital trará uma semana de programação de webinars ao vivo, demonstração online de produtos, tecnologias e inovações, rodadas de negócios e serviços para fomento ao setor, reunidos em um ambiente virtual.

Tem mais: o evento também terá line-up com renomados profissionais participando de Fórum e Painéis de discussão sobre temas estratégicos para o setor, com muita troca de experiências, troca de ensinamentos e aprendizados para o mercado.

Além disso, as inscrições estão abertas e você pode fazer a inscrição aqui. Aliás, clique aqui para ler mais a respeito do FIEE AbineeTEC Digital Week. 

E para checar como está a expectativa de palestrantes e participantes do evento, Energia Que Fala Com Você entrevista alguns deles e divulgará suas avaliações. 

Fernando Pontual Castelão é diretor geral da Divisão de Lítio do Grupo Moura e participará no dia 20, a partir das 11h, do painel AbineeTEC “Eletromobilidade – O Futuro dos Veículos.”

Além do executivo do Grupo Moura, também participarão do painel Valter Luiz Knihs (WEG), Adalberto Maluf (BYD Energy), Alexandre Sakai (Siemens), Alexandre Uchimura (Robert Bosch) e Henrique Gross (ABB Power Grids), além de outros em fase de confirmação. Clique aqui para saber mais. 

“Evento traz temas de elevada importância”

E quais são as expectativas do diretor geral da Divisão de Lítio do Grupo Moura?

É o próprio Fernando Castelão quem responde: “A FIEE AbineeTEC Digital Week traz importante contribuição em fomentar o uso de tecnologia na indústria.”

Ele acrescenta: “[o evento traz] temas de elevada importância como a Eletromobilidade, permitindo troca de conhecimentos, networking para viabilizar parcerias e incentivando a indústria nacional.”

“Minha expectativa é poder interagir com os principais players do mercado e das instituições de pesquisa e desenvolvimento”, relata Castelão. Com isso, emenda, conseguirá “ter acesso a tendências, novas tecnologias e oportunidades para meu negócio.”