5G: está na hora de comprar um celular compatível com a rede?

Muitos smartphones estão sendo lançados no mercado com a tecnologia, mas o 5G ainda tem um longo caminho a percorrer no Brasil

5G: está na hora de comprar um celular compatível com a rede?
Crédito da imagem: Rami Al-zayat / Unsplash

No mês de novembro, dois grandes lançamentos de smartphones marcaram o noticiário de tecnologia. Na terça-feira (14),  a linha iPhone 13 foi apresentada globalmente; na quarta-feira (15) os  dobráveis Samsung Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3 chegaram ao Brasil. Em comum, todos os celulares de ambas as linhas têm compatibilidade com o 5G.

Na mesma semana, porém, o  edital do 5G foi adiado mais uma vez pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)  depois de um pedido de vistas de um dos conselheiros da agência. Isso deve mudar – de novo – os planos a respeito da implementação da quinta geração da internet no Brasil.

Segundo o diretor da Anatel, Leonardo Euler de Moraes,  a estimativa “mais otimista”  é que o leilão do 5G aconteça na primeira quinzena de novembro. Depois do leilão porém, ainda existe um longo caminho até que o 5G esteja disponível para todos os brasileiros. Afinal, está na hora de comprar um smartphone compatível com a nova rede? Tire todas as suas dúvidas abaixo.

Leia também: Tire suas dúvidas sobre o leilão do 5G

Quando o 5G deve chegar?

Mesmo que o leilão do 5G aconteça em novembro, a implementação da rede ainda deve demorar. Depois que as empresas adquirem o direito a usar as frequências no certame, elas precisam instalar toda a infraestrutura para que a nova rede funcione. Isso significa a compra e instalação de antenas, torres, computadores e fibra óptica.

Apesar de parecer simples, esse processo pode levar anos. Fábio Faria, ministro das Comunicações, promete que o 5G chegará a todas as capitais brasileiras até julho de 2022. Depois disso, porém, a novidade pode levar mais um longo período até atingir todas as regiões do país. Vale lembrar que, atualmente, ainda existem muitos municípios brasileiros que possuem apenas conexão 2G ou 3G.

Esta é uma curadoria de conteúdo da RX Brasil sobre a rede de tecnologia 5G. Para continuar lendo, acesse o site da IG.