Cana deverá gerar faturamento de R$ 94,7 bilhões em 2022

Projeção indica alta de 11,2% sobre 2021, aponta o Valor Bruto da Produção (VBP) do Ministério da Agricultura

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) da cana-de-açúcar deverá registrar R$ 94,7 bilhões em 2022. Trata-se de alta de 11,2% sobre 2021, que alcançou R$ 85,2 bilhões

Para se ter ideia, a previsão do VBP da cana no próximo ano representa 8% do total do projetado Valor Bruto da Produção Agropecuária do Brasil, estimado em R$ 1,2 trilhão.

Os números são do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), responsável pela produção do indicador. 

Em termos comparativos, o VBP canavieiro de 2022 supera em quase 50% a expectativa do mesmo indicador do café (R$ 52,2 bilhões) e é quase três vezes maior que o esperado para o algodão (R$ 31,7 bilhões). 

A cana segue firme mesmo diante os campeões do VBP projetado de 2022. A liderança é da soja, cujo indicador é projetado em R$ 346,4 bilhões – e, na comparação, a cana fica pouco abaixo de 30%. 

Já no caso do vice do ranking, o milho, que tende a ir a R$ 150,5 bi, a matéria-prima do etanol representa pouco mais de 60%. 

Nada mal para a cana, que sai de uma safra com quebra de 10% na oferta depois do castigo imposto por seca e geada em estados da região Centro-Sul (leia mais aqui). 

Leia também: 

Sustentáveis, usinas de cana serão chamadas de parques de bioenergia

Entenda o significado de VBP

De fato, os números da projeção do VBP impressionam. 

Mas o que significa mesmo VBP?

Vamos lá: o Valor Bruto da Produção Agropecuária é um indicador de desempenho da agropecuária.

E, segundo o Mapa, também é considerado um indicador do faturamento. 

Por sua vez, o VBP tem atualizações mensais e seu cálculo é feito para os estados e regiões, com dados de 21 produtos de lavouras e cinco atividades da pecuária. 

Em suma, o indicador é obtido pela multiplicação da quantidade produzida pelo preço recebido pelo produtor. 

Assim, como as estimativas de safras divulgadas mensalmente referem-se à previsão para o ano, a projeção do VBP também é anual. 

Exceto no caso da pecuária: como as informações do IBGE são trimestrais, os dados de quantidades são atualizados também a cada três meses. 

Clique aqui para se inteirar mais sobre o VBP.

Alta do VBP da cana também em 2021

Se a projeção do VBP da cana em 2022 é positiva, o resultado de 2021 também merece celebração. 

É que o faturamento de R$ 85,2 bilhões no ano vigente supera em 2,9% o resultado de 2020, que ficou em R$ 82,7 bilhões

No caso, é preciso destacar que 2022 está marcado pela quebra média de 10% na oferta da matéria-prima, o que impacta ao mesmo tempo em alta no valor da tonelada e perde na menor quantidade entregue. 

Em nota técnica, o Mapa estima em R$ 1,119 trilhão o VBP de 2021, alta de 9,9% sobre 2020 (R$ 1,019 trilhão). 

Mais: as lavouras – incluindo a cana – cresceram o VBP em 11%, ante 6,2% da pecuária. 

Além disso, as lavouras representam 68% do valor total, enquanto a pecuária responde por 32%.

Por último: cana, algodão, arroz, café, milho e soja somam, juntos, 87% do VBP das lavouras.